BRINCAR COM AS PALAVRAS

 

 

Quantas vezes já lemos algo que alguém escreveu e sentimos que aquelas palavras poderiam ter sido escritas por nós? Ou então quantas vezes nos apeteceu pegar num texto ou poema e reescrevê-lo ao nosso jeito e até dar-lhe continuidade como uma resposta?

 

É isso que pretendo fazer nesta rubrica que agora inicio e onde de forma despretenciosa pretendo BRINCAR COM AS PALAVRAS e homenagear os seus autores.


 

(foto de autor)



SUSPIRO

 

«Teu suspiro é leve,

cristalino

como uma gota de água

na vidraça embaçada onde o olhar nos dói.

Antes que ela se despenhe

no abismo,

minha boca vai em seu socorro

dissipar a névoa,

pôr-lhe o sol nos lábios…»

ALBINO SANTOS

 

 

(e eu continuo...)

 

E com os lábios cheios de luz

 a névoa se dissipa

ao encontrar a tua boca.

Para trás ficam os abismos

onde o meu olhar mergulhava

e através da vidraça

 vês meus olhos cristalinos

 suspirando de felicidade.

AQUARIANA


 =POST RE-EDITADO =

 

(e a Palomina acrescentou...)


«...Felicidade essa que sem ti seria em vão
e todo o meu mundo perderia o sentido...
Ficando eu na solidão...
Olho o horizonte na esperança de te encontrar...
...e de novo a felicidade surge...
Num verbo que se apelida, Amar!!»

 

 

a ouvir

 

música: Moments In Love - Art of noise
publicado por Aquariana às 13:30 | link do post | comentar